[sobreventos]

O vento se dispersa pela sua rapidez ou é apenas uma característica?

Archive for the ‘[lugares]’ Category

[apartamento]

leave a comment »

Não é Twitter, mas direto da Caixa Econômica, estou com os antigos proprietários para assinar o meu contrato para a compra do apartamento do Belenzinho.

Written by Marcos Corrêa [Kiambu]

[28, agosto | 2009] at [10:33 am]

[salinas]

leave a comment »

Salinas foi uma experiência fantástica. Não pela cidade em si, que efetivamente não tem nada de mais, mas pela minha coragem em percorrer 1200 km e conhecer, sem muita referência, a cidade que produziu uma das melhores cachaças do mundo, a Havana. Proibida de ser comercializada com o rótulo original, ela agora é engarrafada como Anísio Teixeira, nome de seu produtor.

Na foto, eu, e ao fundo a torre da igreja matriz. Na lembrança, bons amigos, paisagens e boas cachaças. Adoro!!!

salinas

Written by Marcos Corrêa [Kiambu]

[25, agosto | 2009] at [1:30 pm]

Publicado em [encontros], [lugares]

[conto de fadas do Prefeito Pateta, Gilberto Kassab]

leave a comment »

História de hoje: Angustiado com a reeleição

Era uma vez um Prefeito Pateta chamado Gilberto Kassab (ou seria Pateta Prefeito?) que assumiu o poder pela vacância do cargo. Esse Prefeito tinha idéias muito particulares (pra não dizer estranhas) para a cidade cidade que passou a governar, São Paulo. Ao molde da Rainha de Copas, que gostava de ver rosas vermelhas no seu jardim, o Prefeito Pateta queria que sua cidade fosse a mais bela entre as cidades daquele lindo reino.

No entanto, ao invés de adotar medidas significativas para a melhoria da vida das pessoas da sua cidade (como ampliar os corredores urbanos de ônibus, expandir as linhas de metrô e trem, converter trilhos da CPTM em metrô, criar novos pontos de integração entre os transportes públicos, entre outras medidas mais populares), ele preferia adotar estratégias bem impopulares como restringir o trânsito de veículos de cargas no centro expandido de São Paulo, impedir a circulação de motos nas marginais dos rios Pinheiros e Tietê (isso sem contar o fato de ter xingado um trabalhador de ‘vagabundo’ durante a inauguração de um centro medico na periferia da capital). Essas medidas, por mais significativas que fossem a intenções do Prefeito Pateta, foram tornando sua administração muito impopular ao ponto de ser uma das mais altas impopularidades de todas as cidades daquele Reino.

Com a aproximação das eleições municipais daquele reino o Prefeito Pateta Gilberto Kassab, filiado ao Democratas (arremedo que juntou dissidentes do antigo PFL, que por sua vez era o arremedo que juntou dissidentes do antigo Arena, que por sua vez era… desde Pedro Álvares Cabral), vivia angustiado com o fato de não ser tão querido pela população da sua cidade. Ficava se questionando sobre o que ‘havia feito de errado’, e chorava pelos cantos do seu castelo. Queria muito uma nova oportunidade para mostrar que não era tão mal assim e que os projetos eram na verdade culpa de outras pessoas que sempre cometiam ‘falhas operacionais’.

Assim, acreditando numa possível reeleição (só ele e a Alice do País da Maravilhas poderiam ter a capacidade de pensar assim), o Prefeito Pateta retira um artigo do projeto que instituiria a Política Municipal de Mudança Climática. Esse artigo autorizava a criação de pedágios urbanos para veículos automotores, como ocorre numa cidade de um reino bem distante, Londres. Claro, como bom guardião da sua cidade, ele percebeu que o projeto estava errado (e a culpa, claro, não era sua) devido a uma “falha operacional da prefeitura”. Magnânimo como só ele poderia ser, ele retirou o artigo e encaminhou o “bom” projeto para ser aprovado pelos vereadores da cidade que governa com tanto amor.

Resta saber se essa medida afetará os corações dos moradores da sua cidade, e fará com que eles reelejam para mais quatro anos o bondoso Prefeito Pateta.

Para mais informações sobre este conto, acesse o site de um Jornal que circula na cidade governada pelo Prefeito Pateta.

Written by Marcos Corrêa [Kiambu]

[15, agosto | 2008] at [12:30 pm]

[Kassab, novamente. Claro, ele pede!!!]

leave a comment »

Todos sabe o quanto eu não sou simpático ao prefeito Kassab. Menos ainda aprovo boa parte das sua medidas administrativas, apesar de ter adorado o projeto que diminuiu a poluição visual gerado pela publicidade na capital. No entanto, como não poderia deixar de ser, ele apronta mais uma.

Já que na tentativa anterior de melhorar o trânsito da capital com medidas paliativas ele não conseguiu acabar de vez com os motoboys, desta vez seu foco foram os caminhões que circulam pela cidade. Agora, quem quiser mudar de seu apartamento ou casa durante a semana deverá adiar seus projetos para o final de semana. A julgar pela medida que deve entrar em vigor em 45 dias, caminhões de mudança, carros fortes e coletores de lixo estão proibidos de circular entre as 5 e 21 horas na chamada zona de exclusão que foi ampliada de 25 para 100 km2. A regra também vale para os caminhões de gás, afinal, como aponta o próprio prefeito, boa parte da cidade já é abastecida pelo “caro” serviço de gás encanado e sua medida não afetará o paulistano.

No entanto, a medida do prefeito, sempre preocupado com o bom andamento da cidade, admite algumas exceções. Estão liberados os caminhões de lixo que fazem a limpeza de feiras livres e betoneiras que carregam toneladas de concretos que construirão grandes e luxuosos condomínios de apartamentos nos bairros centrais da cidade, cheios de novos e luxuosos carros que entupirão cada vez mais as ruas já tão pouco congestionadas da capital paulistana.

Written by Marcos Corrêa [Kiambu]

[4, abril | 2008] at [2:11 pm]

Publicado em [jornalismo], [lugares]

[moto-taxi? ‘isso não pode’]

leave a comment »

A resolução dos problemas de trânsito em São Paulo tem caminhos bastante estranhos. Mas quando o assunto são as Marginais (as grandes artérias do trânsito paulistano) as propostas são ainda mais extravagantes.

No ano retrasado a administração municipal havia proposto a criação de faixas adicionais PEDAGIADAS para diminuir possíveis engarrafamentos (como se fosse possível neste caso). Segundo o projeto, novas faixas seriam criadas nos recuos da cabeceira dos rios (e há?). Mas em alguns pontos da marginal a construção de faixas acabaria por estreitar ainda mais as concorridas faixas já existentes. Por sorte o projeto caiu no ostracismo em não mais se fala no assunto.

Agora o não menos extravagante prefeito Gilberto Kassab (DEM) propôs um projeto no mínimo de difícil execução. Ele vai proibir, a partir de 11 de fevereiro, o tráfego de motocicletas nas marginais Pinheiros e Tietê. A medida vem causando muita revolta por parte dos motociclistas que já realizaram uma manifestação na semana passada bloqueando o tráfego nas marginais. Eles protestaram contra o aumento do seguro obrigatório e o projeto de lei que proíbe a carona.

Segundo a administração o projeto do carona visa aumentar a segurança no trânsito devido a alta incidência de assaltos com a utilização de motocicletas. Medidas muito pontuais para um problema que extrapola questões de trânsito e segurança.

Será que é o fim dos moto-taxis na capital paulistana? Porque, convenhamos, por mais bem pintado, esse não é um projeto de melhoria de trânsito, muito menos de segurança.

Written by Marcos Corrêa [Kiambu]

[17, janeiro | 2008] at [12:45 pm]

[bowling]

leave a comment »

bowling

Quatro rodadas, um único oponente, mas todas minhas. Nada mal pra quem não jogava boliche desde 2002 quando vim pra Campinas e me despedi de Cuiabá. Como não poderia deixar de ser, sempre ‘zuando’ e comemorando a cada ponto. Performances na pista. era pouco. Espetáculo!

Written by Marcos Corrêa [Kiambu]

[11, janeiro | 2008] at [9:52 am]

Publicado em [encontros], [lugares]

[imagens centrais]

leave a comment »

Lhes apresento Amanda.

Amanda, Iguana

Ela mora no Zoológico do Bosque dos Jequitibás no centro de Campinas, mesmo espaço também freqüentado pelo tio do auto-falante.

Tio do auto-falante

Queria era uma câmera mais potente para conseguir capturar melhores imagens desses personagens.

Written by Marcos Corrêa [Kiambu]

[9, janeiro | 2008] at [7:54 pm]

Publicado em [imagens], [lugares]