[sobreventos]

O vento se dispersa pela sua rapidez ou é apenas uma característica?

[amarras]

with one comment

Enquanto por um lado o BB me salva, no coração, um aperto feito pela presilha do tempo prevalece. Em seu espaço, agora diminuto, busco resgatar momentos alegres de tempos que passaram e deixaram pequenos rastros. Sou o único responsável pelas inúmeras amarras que dele se apoderaram, fruto dos instantes de lucidez e de insanidade; esta cada vez mais constante. Estarei querendo dele além das suas passionais possibilidades?

No Web, Rádio Voz da Ria, 90,2 FM, Lisboa, a Marrom. Pode?

Tô boa!!!

Written by Marcos Corrêa [Kiambu]

[26, fevereiro | 2007] às [8:49 pm]

Publicado em [pequenos ventos]

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Leio essas linhas com alegria. Acho o escritor mais tranquilo. Procurando coisas pra se perturbar (esse povo feito de vento e ar, como eu é assim mesmo), como é de praxe, mas mais tranquilo.
    Conversei com Papai ontem. Ele me disse coisas sobre a vida poder ser boa e intensa, mesmo não parecendo.

    santiago.jr

    [27, fevereiro | 2007] at [1:34 pm]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: