[sobreventos]

O vento se dispersa pela sua rapidez ou é apenas uma característica?

Assassinatos

with one comment

mariannelecarrour.jpg

Eu saía pela porta alta que separava a entrada da nossa antiga casa do imenso (aos meus olhos de criança) corredor que levava ao resto dela. O assoalho, de tijolos cozidos, tornava o ambiente frio. Lá fora, o vento balançava a copa da centenária sibipiruna. É a primeira lembrança de criança que tenho dele. Não se trata do seu rosto, mas de uma sensação. “Tio Lenir”. Era a maneira mais doce que uma criança, naquela situação, poderia chamar alguém de pai. Seu carro, aquele mesmo Corcel 2 LDO movido a alcool, estava estacionado na garagem de casa, embaixo do imenso pé de abacate no qual eu e minha irmã criávamos rebanhos de gados-de-abacate-verde.

Ao voltar para dentro, seu rosto acusava uma ternura de homem que sabia o quanto aquela sensação era um avanço para um garoto na minha idade. Cheguei a assinar “arruda”, aumentando para dezoito o número de carracteres do meu nome. Por anos, a criança branca amaria o pai negro, de fala mansa e cabelo arrumado. Ele era o troféu que eu exibia como redenção pela ausência do pai branco.

 Com o tempo vi que não poderia ser assim. Não porque eu não desejasse, mas porque é o destino das mulhes de minha família. Disse uma vez que mulher na minha família não tem sorte com homens. Ora dolorida, ora prazerosa, sua presença em nossa família são um mero acaso.

Hoje, seguindo esse destino, acabei de enterrar a figura negra pseudo-paterna. Um aprendizado rico. Afinal, palavra de mulher não volta atrás.

Written by Marcos Corrêa [Kiambu]

[6, novembro | 2006] às [12:20 am]

Publicado em [pequenos ventos]

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Sempre enterramos um Pai, anjo. Precisamos fazê-lo. É a única forma de fazermo-nos de nós mesmos nosso próprio pai ou mãe.

    Aliás vc me disse isso antes também, lembra?! Quando eu substitui o Sonho matando a mim mesmo na forma de meu próprio filho!

    Santiago

    [6, novembro | 2006] at [1:29 pm]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: